sábado, 6 de novembro de 2010


Provocação, individualismo e fantasia no traje académico no tempo da abolição
O estudante coimbrão Álvaro Beleza de Andrade com camisa de fantasia, foto de 1910.
Bem visíveis o brasão nobiliárquico e a assinatura em apliques de prata sobre o rosto da pasta de quintanista fitado.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial