sábado, 6 de novembro de 2010


Repercussões da cultura vestimentária religiosa católica e aristocrática nas práticas populares portuguesas
Excelente trabalho de reconstituição de antigos trajes de dó da orla marítima, Póvoa de Varzim, associando a saia de ombros ao luto feminino e o gabão de saragoça ao luto masculino. Não obstante a evidente pobreza dos materiais de confecção (originalmente lãs tecidas, apisoadas, tingidas e confeccionadas em casa), as duas vestes patenteiam uma clara vontade de dramatização sócio-comunitária de gestão da dor resultante da perda ou da ausência, atitude que honrava e credibilizava os sofredores no tecido social. A ausência de dramatização gestual e vestimentária macularia duradouramente a honra de quem recusasse assumir o luto convencional.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial