terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Programa de inauguração do caminho de ferro (1856)

Aspeto do pavilhão de honra que se armou na Vala do Carregado para a cerimónia de inauguração do troço de caminho de ferro entre Lisboa/Alenquer (1856), onde foi servido um lanche aos convidados. Como se pode ver, em nada se assemelha à gare fantasma ali existente, projeto da autoria do arquiteto José Cotinelli Telmo que patenteia um modus faciendi que se repete na estação fluvial do Barreiro (Lisboa)

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial