sábado, 25 de fevereiro de 2012

Cerimonial Universitário. Caxias do Sul: Universidade de Caxias do Sul, s/d, coordenação de Maria Lúcia Bettega, 54 p.
Manual constituído por 10 capítulos, referências e anexos. Não conhecemos um modelo ideal de regulamento ou manual do cerimonial universitário. Estes podem ser escritos em latim ou nas línguas nacionais. Há universidades que regulam o cerimonial por fontes escritas (antigos estatutos), legislação avulsa e estilos orais. As mais recentes estão a optar pela produção de guias sintéticos, subdivididos em cadernos temáticos, em edição analógica e eletrónica. Um bom manual de cerimonial académico é aquele que consegue consagrar em linguagem compreensível a regulação de todas as matérias que a universidade considera importantes para a construção da sua identidade e promoção da sua imagem junto da comunidade e dos potenciais clientes. De todas as abordagens conhecidas, atendendo aos bons resultados, considero metodologia adequeada a que tem sido utilizada pelos gabinestes de protocolo das universidades espanholas afiliadas na AEIPU. Um manual deve ser "amigável", sedutor, acompanhado de imagens de suporte, desenhos e esquemas demonstrativos, de um vocabulário técnico conciso e rigoroso, prevendo mecanismos de revisão/atualização e incluindo uma mensagem de apresentação onde constem a missão, a visão e os valores da instituição, bem como o comprometimento da reitoria.

No manual da UCS são tratadas as seguintes matérias:

1 - O cerimonial: o que é o cerimonial, a realização de um evento, o planejamento do evento, assuntos que devam ter a participação da Assessoria de Comunicação, atribuições do Setor de Relações Públicas da Assessoria de Comunicação, assuntos que devam ter a participação da Assessoria de Assuntos Internacionais, tipo de apoio prestado pela ASAI;
2 - Preparação: planejar e providenciar todas as necessidades;
3 - Tipos de eventos: classificação de eventos (reunião, aula magna, etc), dicas para a realização dos eventos;
4 - Divulgação: formas de comunicação/divulgação do evento; convites;
5 - Realização: local, mesa, assentos, receção de autoridades, ordem geral de precedência, formas de tratamento, mesa de honra;
6 - Pronunciamentos: discursos;
7 - Trajes: tipo de trajes;
8 - Símbolos nacionais: bandeira, hino, armas, selo;
9 - Etiqueta social: visitas ilustres e oficiais, chegada, despedida, apresentações, cumprimento/aperto de mão, escadas/elevador; a etiqueta das comunicações;
10 - Comemorações importantes na UCS;
Referências: legislação e bibliografia especializada;
Anexos: Regimento Geral da UCS; Hino Nacional Brasileiro (letra e autorias); Hino do Estado do Rio Grande do Sul; Hino de Caxias do Sul, [roteiro de] Entrega do Título de Doutor Honoris Causa (...); Precedência interna

A autora:
A Professora Maria Lúcia Bettega é mestre em Letras e Cultura Regional pela Universidade de Caxias do Sul – UCS, com o trabalho intitulado: O casamento como manifestação de uma cultura: o caso de Nova Palmira. Atualmente é aluna especial do doutorado em Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Atua como professora do Centro de Comunicação da UCS além de ser idealizadora e coordenadora da Especialização em Gestão do Cerimonial e do MBA em Cultura Organizacional e Comunicação com o Mercado, ambos pela UCS. Contato: primiero@terra.com.br.
Agradecimento: agradeço à Prof. Maria Lúcia Bettega a oferta de um exemplar do manual em 26.1.2010. Publicou neste blog, em 2.3.2010 o texto «Cerimonial universitário. Três modalidades de colação de grau».

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial