sexta-feira, 9 de março de 2012

Ato de graduação em Engenharia Civil na Universidade Técnica de Viena, 2008
Corpo docente sentado e coberto, fala do vice-presidente, diplomas preparados para entrega. Os graduandos comparecem à civil, recebendo o diploma, um anel e os cumprimentos do corpo docente. A Techischen Universitat Wien (TU-Wien) tem raizes em 1815 no Imperial e Real Instituto Politécnico. É das poucas universidades politécnicas germânicas com cerimónias académicas reportadas no ciberespaço. A cobertura de cabeça é uma gorra preta de tipo renascentista com calote de tecido e aba em saturno, conforme usança em algumas universidades britânicas. A toga, em tecido preto, apresenta vivos nas mangas e decote aberto, bem como debruns de pelaria (presidentes e vice-presidentes, exibindo estes grandes colares de grilhões metálicos). O maceiro usa uma toga preta, de confecção mais simples. A toga da TU-Wien combina sobriedade, elegância e funcionalidade. Parece confirmar uma certa tendência experimentada em Portugal entre as décadas de 1950 e 1990 em instituições que consagraram como veste institucional togas de feição funcional e decote aberto: antigo Instituto Superior de Estudos Ultramarinos/ISCSPU (1955), Universidade de Évora (1989), Universidade Lusófona (ca. 1999-2011). Para mais pormenores, com desenhos de apoio, veja-se o mapeamento assinado por Armando Luís de Carvalho Homem, O traje de lentes (2007).
Fonte: http://engineering.tuwien.ac.at/overview/photo_gallery/graduation_class_2007_2008/

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial