sexta-feira, 4 de maio de 2012

Peditório para as festas do Divino Espírito Santo, Rio de Janeiro (?), 1846. Gravura sobre madeira de Thomas Ewbank (Life in Brazil).
Peditório porta a porta com folia composta por 9 confrades, incluindo 3 alferes do estandarte e os foliões com tambor, chamarela (?), flauta e trombetas. Nos peditórios portugueses e brasileiros havia folias que levavam uma custódia que davam a beijar aos ofertantes. Outras não levavam custódia, dando a beijar a franja dos estandartes. As esmolas em víveres e dinheiro eram recolhidas nuns sacos de damasco com o emblema do Espírito Santo bordado. Apenas quatro elementos usam a opa vermelha.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial