quinta-feira, 7 de junho de 2012

Elegância e distinção em Correia da Cunha (1917-1977)

Uma fotografia do Padre José Correia da Cunha (1917-1977) originalmente divulgada no Blogue «Padre José Correia da Cunha», http://padrecorreiadacunha.blogspot.pt/

Veste com extrema elegância, mas o que traz vestido?

I - peças de indumentária esclesiásticas visíveis: volta branca de abrir e fechar na parte posterior do pescoço, encaixada no cabeção preto (frise-se que o cabeção não era à época nem um colete, nem tampouco uma camisa preta, como agora se vê e se vende nos catálogos do pronto-a-vestir);

II - peças de indumentária civil: chapéu preto de feltro, relativamente ao qual tenho dúvidas se é um borsalino ou se é um "Homburg" (o "Humburg, que também aparece em fotos do Cardeal Cerejeira, tinha a aba revirada e debruada); luvas brancas de tecido; capote dito Alentejano com gola de pelaria (consabidamente um abafo militar vulgarizado na Europa na época das deambulações dos exércitos napoleónicos, e como tal bem posterior ao capote europeu, também conhecido por tabarro e capa espanhola, integrante do enxoval eclesiástico como abafo invernal).

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial