domingo, 3 de junho de 2012

Parede dos estudantes de Coimbra (1907)

Apontamentos fotográficos da parede dos estudantes da Universidade e do Lyceu de Coimbra em 1907
Fazer parede, no sentido de obstáculo, muralha, resistência, era a expressão tradicionalmente usada na gíria académica conimbricense para identificar aquilo a que no século XX se passaria a designar por greve. Em 1907 os estudantes da Universidade de Coimbra desencadearam uma das mais importantes greves estudantis do século XX, que rapidamente alastrou ao liceu local e aos estabalecimentos de ensino de Lisboa e do Porto.
Na foto superior, estudante no pátio das escolas.
Na foto do centro, grevistas junto à Porta Férrea, vendo-se ao fundo o portão de acesso à alameda Camões e casas da rua do Norte, ali avultando a que foi sede provisória da AAC ao tempo do Clube Académico Irmãos Unidos.
Em baixo, bichos do Lyceu junto ao arco do aqueduto vigiados pela cavalaria.
Fonte: O Occidente n.º 1019, de 20.4.1907

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial