quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Imposição do barrete cardinalício ao núncio Locatelli

O Presidente da República Portuguesa António José de Almeida impõe o barrete cardinalício ao núncio apostólico em Lisboa, cardeal Locatelli, na capela do palácio da Ajuda. AJA não se limitou a revitalizar uma tradição monárquica suspensa desde 1910. Com esta cerimónia pretendeu conferir visibilidade pública às relações diplomáticas entre Portugal e a Santa Sé. Hoje em dia a imposição do barrete cardinalício pelos chefes de estado portugueses já não se pratica.
Fonte: Ilustração Portuguesa n.º 881, de 6.01.1923

2 Comentários:

Blogger Pulo Ds disse...

Pode ser vista uma descrição pormenorizada deste cerimonial na 1ª edição do livro de Helder Mendonça e Cunha, Regras do Cerimonial Português, Lisboa:Bertrand, s.d.?

26 de outubro de 2012 às 01:57  
Blogger Virtual Memories disse...

Não exatamente.
O que D. Helder relata é já uma síntese bastante depurada do que se fazia durante o Estado Novo. Pesquise s.f.f. no blogue um programa completo que editei relativo ao período da Monarquia Constitucional.
AMNunes

26 de outubro de 2012 às 11:30  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial