sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Hábito talar UL (3)
Circular reitoral de 27 de maio de 1960 dispondo sobre a generalização do traje herdado da antiga Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa na Universidade de Lisboa com as reformas introduzidas por Fernando de Almeida da Academia de Corte Maguidal na passagem de 1959 para 1960. É muito evidente a opção por uma solução racionalista e geometrizante, podemos dizer "pró empresarial", imagem de marca do modus faciendi de Fernando Almeida que se acentua na década de 1980 quando participa ativamente no processo de criação de trajes para novas universidades portuguesas. A redução da sobremanga a uma tirinha plissada acabaria por se generalizar, a meu ver sem proveito estético e sem reflexão histórico-etnográfica, na beca dos magistrados.
Com esta reforma, a  Universidade de Lisboa é a primeira instituição de ensino superior portuguesa a apresentar uma veste profissional com distinções morfológicas consoante a posição hierárquica dos membros do corpo docente. O desenho do barrete não está visível na gravura anexa à circular.
Fonte: Boletim Trimestral da Universidade de Lisboa, 3.º e 4.º trimestres de 1960, Lisboa, 1960. Agradecemos ao Dr. Paulo Dias da Silva o envio deste documento.
Saber mais: Armando Luís de Carvalho Homem, «O traje dos lentes» (2007)

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial