quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Mitra-gorro em seda vermelha com apliques de prata e bordados a fio de ouro (?), com gorro cónico pouco pronunciado, sem borla. Cobertura de granadeiro russo, 1708-1709, acervo do Museu de São Petersburgo, disponível no blogue Oderint dum Probent, http://rusmilhist.blogspot.pt/2010_09_01_archive.html
Esta cobertura de cabeça também foi usada na Península Ibérica e inspirou a "carapuça" das camponesas saloias que a usaram com regularidade até finais do primeiro quartel do século XIX. Infelizmente, tanto as descrições de Guilherme Felgueiras (que não consta que tenha visto, medido e fotografado nenhum exemplar) como os desenhos de Roque Gameiro são pouco rigorosos, propondo uma virola no lugar das palas que efetivamente tinha. O que está certo é a ponta da gorra lançada na direção da testa.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial