sábado, 21 de fevereiro de 2015

Fotografia enviada por J. Baeta, com as seguintes notas: "Até parece que vão de capa e batina/
Procissão das Cinzas em 15 de Fevereiro de 1956. Andor de S. Luís, Rei de França./Local: Aveiro, Av. Lourenço Peixinho/Fonte Prof2000"

Parece, mas não é. O que aqui está documentado não é um traje de estudante mas sim a indumentária clássica das irmandades ligadas às ordens terceiras franciscanas: uma túnica talar castanha, em pano de lã, que se vestia pela cabeça e apertava à cinta com um cordão; uma capa, talar, do mesmo pano, castanha, com pequena gola cosida ao colarinho, que apertava no pescoço com colchete metálico.
Este traje era usado pelos irmãos e pelos ministros/mesários que presidiam ao governo das ordens. Ainda foi usado pelos membros de algumas ordens até finais da década de 1960/inícios dos anos 70. Na atualidade apenas é usada a capa, que se veste sobre indumentária civil. Mas mesmo isto já não acontece em todas as ordens terceiras, pois temos observado procissões das cinzas em que os andores e as insígnias são transportados por pessoas com uniformes militares, de escuteiros e outros. São os sinais dos tempos, mas as procissões perdem muito em matéria de comunicação visual. A própria arte de confeção das capas de irmandade/confraria tem evoluído no sentido de alguma simplificação morfológica, sem que tenham sido tomados os cuidados mínimos de conservação de exemplares.
Torna-se cada vez mais difícil encontrar espécimes originais e morfologicamente fiáveis, ou mesmo membros de irmandades detentores de conhecimentos rigorosos sobre este património multissecular que se está a perder.
Não é isto que os museus querem conservar e exibir, achando mesmo muitos responsáveis que tudo o que importa são os paramentos de luxo. Quanto à instituição pública portuguesa com missão custodial nacional, nada há a esperar, conforme já tive o desprazer de constatar, não sabe, não faz, não quer fazer e obstaculiza o trabalho a quem queira fazer alguma coisa.
Um abraço e obrigado ao J. Baeta

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial