segunda-feira, 2 de agosto de 2010


A Geographia
Existem alegorias representativas de partes da Terra, como sejam a Europa, a Asia, a África, o Atlas, desde o Império Romano. A Geografia como figura feminina é mais tardia, datável do Renascimento. No caso de Portugal, o peso dos Descobrimentos na cultura universitária tem associado o Globo terrestre à ideia de Geografia, o que não é assim tão original quanto possa parecer, uma vez que no Império Romano já ocorriam atlantes ou atlas com o globo do mundo às costas.
Ausente a memória descritiva, fica um pouco difícil perceber com que linhas se coseu António Lino. Arriscamos dizer que são visíveis o Globo terrestre, o Quadrante, a Bussola, o Mapa-mundi, uma alusão aos Descobrimentos (descobridor e caravela) e figuras menos inteligíveis. Uma delas parece aludir à epopeia de Noé.
A Geographia é uma disciplina emancipada da cartografia e da "geografia física" tout court na passagem do século XIX para o século XX. Quanto ao seu enquadramento, alguma hesitação se notou entre faculdades de ciências e faculdades de letras.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial