domingo, 5 de maio de 2013

Retrato do padre Francisco Parella (?) capelão da esquadra italiana que entre 29 de setembro e 6 de outubro de 1862 conduziu de Itália para Lisboa a rainha consorte D. Maria Pia de Sabóia. Este retrato integra um valioso álbum ofertado pelo capitão da esquadra, contra-almirante Albini, à jovem rainha durante o trajeto, álbum esse que pertence ao acervo do palácio nacional da Ajuda (n.º inv. 42249/90). Lida a ficha de inventário, nela não se relaciona o clérigo fotografado com a função de capelania militar. Aliás, a descrição da indumentária merece convite a uma melhoria. O que me leva a suspeitar, e com bons motivos, de que fosse capelão é a ornamentação da gola da sobrecasaca ou abatina. Dois outros elementos indiciam um acentuado sentido prático no trajar (calças compridas num clérigo palaciano, seria então inaceitável; o saturno à francesa, símbolo dos eclesiásticos liberais), espelhando o conjunto acentuada geometrização, ou melhor, influência da uniformologia militar e uma guinada laicizadora trazida pelo conflito entre o poder temporal e o vaticano.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial