terça-feira, 12 de julho de 2011



Painel dois. A indumentária civil respeita ao século XV. O hábito dos escolares revela anacronismos na altura das bainhas, na padronização do feitio e no recurso ao pelote, veste masculina por excelência do século XVI. Edifício da AAC/Coimbra/João Abel Manta/1963.

Nota: no período do Estado Novo os artistas usam o pelote a torto e a direito, com ele vestindo navegadores, heróis, aventureiros e predadores dos mares. A pintura/escultura de "capa e espada" deixou evidentimente a sua marca.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial