quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Gorra das estudantes da Universidade de Oxford
tecido preto de lã, semimole, com quatro cantos e rebuço levantado. Morfologia revivalista neo-renascentista (criada nos inícios do século XX), tomando como modelo a gorra ou boné dos humanistas europeus do Renascimento (1.ª metade do século XVI), presente com ligeiras variantes nos retratos de Damião de Goes, Erasmo de Roterdão, Martinho Lutero, entre outros. Dieter Philippi comprou em Oxford um exemplar em seda rosa que consta do seu catálogo de chapelaria religiosa e académica. Uma variante deste mesmo modelo ainda continua a ser usada pelos prelados da Cantuária (Canterbury Cap).

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial