quarta-feira, 6 de julho de 2016


Hábito dos alunos/internos do Colégio dos Órfãos de São Caetano
(Braga)

Internos do Colégio dos Órfãos de São Caetano, cidade de Braga, fundado em 1791, com o traje corporativo em uso entre a segunda metade do século XIX e os inícios do século XX. Não se trataria de um balandrau nem de uma toga, mas da batina talar romana de um corpo, em preto, complementada por carcela vertical frontal, romeira preta amovível e canhões de bocamanga avivados de vermelho (?). São visíveis sapatos pretos de fivela de prata, que se usavam com meias calças e calções. Este vestido seria envergado com camisa branca, cabeção preto de duas abas (peitilho e dorsal) e volta branca. Sobre a romeira vem fixada uma beca de cetim/seda (?) vermelha (?) que se deitava em V sobre os ombros, rematada por duas compridas e esvoaçantes pontas que desciam pelas costas até à barriga da perna.
Este conjunto indumentário vem confirmar a presença de becas nas universidades do eixo península Ibérica/América Latina/Filipinas, seminários católicos e nalguns colégios católicos que recolhiam crianças órfãs ou abandonadas.
Não dispomos de  quaisquer dados sobre este traje que terá desaparecido em 1910 (?), do qual o mais certo é não terem sido preservados exemplares, e que antes do período liberal teria outra morfologia.
Fotografia publicada na revista Serões, n.º 6, dezembro de 1905.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial