quinta-feira, 28 de março de 2013

Uma querela sobre o uso do "Traje Mazantino" (IPT)

Encontra-se disponível no ciberespaço a INFORMAÇÃO de 5.4.2011, do Gabinete do Presidente do Instituto Politécnico de Tomar, Prof. Eugénio Manuel Carvalho Pina de Almeida, que clarifica oficialmente que o direito ao porte do traje dos estudantes daquela instituição é extensivo a todos os alunos matriculados em qualquer ano do curso, independentemente destes serem ou não adeptos das praxes estudantis (trotes). O referido documento sustenta a sua posição no n.º 4 do artigo 6.º do Despacho Normativo n.º 17/2009, de 30 de abril (Estatutos do IPT) que dispõe: "O IPT adopta os trajos académicos descritos no Anexo II aos presentes Estatutos" [http://portal.ipt.pt/mgallery/default.asp?obj=3686]. O "Traje Mazantino", com versões masculina e feminina, foi criado em 2000.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial