terça-feira, 14 de maio de 2013

Coroa do Divino Espírito Santo dos Cedros (ilha do Faial/Açores) guardada na igreja paroquial local e usada até ao século XX nas cerimónias de coroação dos imperadores.
Datável dos séculos XVI/XVII, trabalho artesanal em prata batida com figurinhas engastadas. Aro inferior delimitado por duas molduras paralelas e preenchido com abundante figuração vegetalista à base de flores abertas. Aro superior alteado, ornamentado com cabos, flores de lis e folhagens abertas. Na parte frontal, símbolos do Espírito Santo dispostos num medalhão ovalado.
Esta coroa é uma das mais antigas atualmente conhecidas em Portugal. Conquanto associada a um relato local de ataque de piratas mouros às ilhas, não apresenta sinais evidentes de ornamentação mourisca.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial